Antes mesmo de escolher as cores para o seu website ou projetar o layout da sua página inicial, deverá primeiro focar-se na direção e publico-alvo para o seu projeto. Tal como a Internet mudou drasticamente a forma de como as pessoas compram e se comunicam, ela também alterou a maneira como lemos.

Os nossos cérebros respondem de forma diferente ao ler texto no computador, comparando com a leitura em papel. A leitura on-line tende a demorar mais tempo fazendo o que temos lido seja menos memorável. No entanto, ao ler um layout de um website bem concebido, as pessoas são capazes de se concentrar, processar e absorver o que leram de forma mais eficiente.

Compreender como as pessoas lêem on-line permitirá projetar o seu website para o utilizador moderno de forma mais eficaz, que por sua vez, leva a uma melhor usabilidade e atracção. Deixo aqui uma visão geral de como as pessoas, habitualmente, lêem o conteúdo na web.

 

Leitura de conteúdos digitais

Uma investigação com 1800 documentos, levaram alguns cientistas a descobrir os padrões comuns dos leitores. Geralmente, quando lemos um livro em papel, os olhos tendem a viajar no que chamamos um caminho de varredura, que envolve a digitalização rápida e pausada. Neste caminho, os olhos seguem mais à frente para algumas palavras antes de parar por alguns instantes. É neste andamento que o cérebro processa o que lê antes de continuar.

Quando lemos conteúdo on-line, no entanto, os olhos seguem um caminho de digitalização diferente formando um padrão em forma de F. Este é um meio de decidir, em meros segundos, se ficamos numa página da web e lemos os textos ou então saímos. No padrão F os seus olhos:

  1. Lêem a parte superior horizontalmente;
  2. Movem ligeiramente para baixo e olham uma nova secção horizontalmente;
  3. Vão até ao topo e depois digitalizam a barra lateral esquerda.

Então, esteja atento a este caminho de digitalização e projete o seu website em conformidade. Saiba que quando as pessoas lêem um layout de página web mal concebido, tornam-se frustradas e isso não as leva onde você quer. Além disso, a média dos utilizadores é que só lêem cerca de 60 por cento de qualquer página web. Então, isso significa que, a fim de atrair e orientar os olhares do público, vai precisar de tornar o conteúdo do seu website o mais limpo possível.

 

As expectativas do utilizador

Quando você está a construir uma página web, tenha as expectativas do utilizador em memória. Os visitantes da página web têm um conjunto de noções pré-concebidas com base em experiências anteriores que não devem ser violadas, tais como:

  • 'Sobre Nós', 'Contacte-nos' e outras páginas que significam credibilidade e confiabilidade;
  • Nenhum elemento de distracção, como vídeos auto-play;
  • Logotipo da empresa (posicionado no canto superior esquerdo) para o reconhecimento da marca;
  • Ferramentas de fácil navegação e links úteis que permitem aos visitantes voltar a começar (inicio/home) de forma rápida e eficiente;
  • Um mapa do website para orientar a viagem.

Quanto mais orientação oferecer aos seus leitores, melhor a experiência deles. Como os utilizadores devoram informação, exiba o conteúdo usando:

  • Pontos ou outras informações de orientação;
  • Palavras-chave que são destacadas com cores alternadas, negrito ou fonte maior;
  • Subtítulos informativos;
  • Parágrafos curtos.

E, finalmente, porque as primeiras impressões contam, o conteúdo em si é essencial. Os seus artigos, posts, descrições de produtos e outro conteúdo web deve ser livre de erros ortográficos e gramaticais, devidamente referenciados para a credibilidade. É claramente importante entreter, inspirar e informar o público.

 

Imagens

Por vezes, será melhor usar imagens do que palavras. A maioria dos visitantes do seu website serão susceptíveis de ver 100 por cento de conteúdo de vídeo e imagem, enquanto apenas 50-60 por cento poderão interessar-se no texto.

Considere estes factos:

  • Páginas web que incluem imagens são visualizadas mais de 94 por cento do tempo;
  • 60 por cento das pessoas são mais propensas a clicar no link de um website se ele incluir uma imagem;
  • Lojas on-line poderão vender mais devido à imagem do produto sendo por vezes mais importante do que a sua descrição;
  • Fotos num post no Facebook têm uma taxa de compromisso de 37 por cento mais elevada do que apenas texto.

Considere, no entanto, que as imagens devem ser relevantes para o conteúdo, como fotos de produtos ou outras imagens que estão intimamente ligadas ao tema. Os visitantes do website não estão interessados ​​em imagens sem interesse.

 

Cor

Qualquer pessoa no marketing pode dizer-lhe que o impacto das cores interfere na compreensão e comportamento. Matizes específicas podem ser muito eficazes, dependendo da idade, hábitos de navegação e dispositivos do seu público-alvo. A paleta de cores que usa no seu website pode realmente convencer os visitantes em fazer uma compra ou responder ao seu apelo à acção. Cores mal selecionadas, por outro lado, pode afastá-los.

A pesquisa sobre as cores de marketing indica que:

  • 85 por cento dos consumidores afirmam que a cor de um produto é a principal razão porque eles vão comprá-lo;
  • 42 por cento das pessoas julgam um website pelo seu esquema de cores;
  • 52 por cento dos compradores não vão voltar para um website se ele não usar boas cores;
  • A cor é o elemento superior em reconhecimento da marca (80 por cento).

Sugestões para usar a cor no seu website:

  • Não use mais de quatro cores;
  • Geralmente, as três cores mais populares para um website são verde, azul e laranja;
  • A cor afeta os botões: vermelho cria urgência, laranja encoraja a tomar medidas e azul promove a confiança;

 

Fonte

Escolher um tipo de letra para o seu website não é tão simples como parece. Tendo a fonte certa no seu website pode significar a diferença entre a obtenção de respostas ou não, porque tipografia afeta a maneira como as pessoas pensam.

Por exemplo, os estudos mostram que as fontes aumentam ou diminuem a credibilidade da informação a ser lida. Quando um documento é escrito em Comic Sans ou Helvetica, os leitores são menos propensos a acreditar na informação que está a ser apresentada, mas mais propensos a acreditar no mesmo artigo, quando escrito em Baskerville.

As melhores fontes de conteúdo da Web são fontes Sans Serif, sendo as três principais preferências para fácil leitura as seguintes:

  1. Arial 12 pontos para fins gerais;
  2. Verdana 10 pontos para textos menores;
  3. Georgia 12 pontos para um olhar mais formal.

 

Layout geral

Uma vez que você tem a paleta de cores, imagens e fontes preparadas para o seu novo website, pode concentrar-se no layout. Lembre-se do caminho de digitalização padrão em F do início deste texto. É aqui que ele vai entrar em jogo.

Primeiro, alguns factos sobre o layout da página web:

  • Os leitores passam 80 por cento do seu tempo de observação na barra principal de menus e apenas 20 por cento abaixo;
  • Os visitantes do website gastam 69 por cento do seu tempo a olhar para o lado esquerdo da página e apenas 30 por cento no lado direito;
  • O melhor layout de página web geralmente segue o padrão F, colocando as informações mais importantes e imagens nesses locais.

Para captar rapidamente a atenção do visitante e mantê-lo no seu website, deverá incluir no layout da página web os seguintes elementos:

  • Logótipo no canto superior esquerdo com uma barra de navegação no topo da página;
  • Título atrativo e informativo para o artigo top;
  • Informações importantes nos dois primeiros parágrafos;
  • Uma imagem atrativa de destaque;
  • Conteúdo apresentado em pequenos blocos, abundância de espaços em branco e pontos de destaque.

A leitura on-line está ainda longe de se equiparar a um bom livro.

Por entender que as pessoas tendem a digitalizar, em vez de ler, o conteúdo da web num padrão F básico vai estar em melhores condições para manter os utilizadores ligados.